Santa Maria, manto dos que estão nus, abriga-me em teu coração materno, hoje que me sinto tão desprotegido.

Venho hoje apresentar-te o nó do meu desemprego, que tanto me aflige e me fere. Desata para mim, ó Mãe, esse nó, pois preciso de um novo e bom trabalho.

Tenho o coração ferido, humilhado, sinto-me desvalorizado como pessoa e com a sensação de que agora as oportunidades serão poucas para mim. Sinto-me derrotado.

Mas me trouxeste para junto de ti, hoje, para que eu descubra o imenso e poderoso amor que tens por mim. Chamaste-me para me mostrar que não há nó que em tuas mãos não sejam desatado em minha vida. Vem enxugar minhas lágrimas e colocar a alegria da esperança em mim.

Meu Pai é dono de todo o universo e tudo lhe está sujeito. Intercede por mim junto a Ele, Mãe. Conduze-me com teus anjos para onde devo ir, o que devo fazer, falar e a decisão certa a tomar. Ilumina meu caminho, Tu que deste nascimento à Luz. Dá-me coragem e faze-me forte.

Cura meu coração também, Mãe querida, dessa perda em minha vida. Eu perdôo, em nome de Jesus, a você, meu patrão, à diretoria da empresa, decidiu despedir-me, e a todos que se alegraram com isso.

Eu Te peço perdão, Pai, em nome de Jesus, por murmurar contra Ti, culpando-o e amaldiçoando que me demitiu.

Acolhe em Tuas mãos de misericórdia o nó de meu desemprego, Mãe do belo amor, e abre um novo caminho, cheio de bênçãos, para a minha vida profissional.

Mãe Maria, passa na minha frente e que se faça o plano de Deus em minha vida. Obrigado, Mãe…

Amém!

 

(via Encontro com Cristo)