Preso escolheu a Eucaristia como ultima refeição antes de ser executado

Ledell Lee, recluso no Estado do Arkansas (Estados Unidos da América), foi executado no passado dia 20 de Abril. pelo horrível assassinato de Debra Reese em 1993. Embora ele e outros tenham contestado, levantando questões evidenciais importantes sobre sangue e DNA, Lee foi condenado por matar Reese durante um assalto, golpeando-a 36 vezes com uma ferramenta de pneu. Ledell Lee se juntou a Debra Reese na morte. Dois estão mortos agora.
 Em vez de uma última refeição, Ledell Lee escolheu receber a Sagrada Comunhão. Isso é algo para ponderar. Em vez de uma última forragem animal, o prisioneiro escolheu a mais parcimoniosa das refeições.

Quase nenhum alimento para o corpo prestes a morrer, mas, como a última refeição de Jesus, um grande e final sustento do espírito.

Assumir a Sagrada Comunhão diante da morte é dizer que é a comunhão, e não a comida, que mais importa. Nossa comunhão com Cristo e com os seus santos.

Assumir a Sagrada Comunhão diante da morte é dizer que é a comunhão, e não a comida, que mais importa.

 Podendo escolher o que queria comer na sua última refeição, antes de ser executado, o condenado escolheu receber “apenas” a Sagrada Comunhão.

Rezemos para que esta decisão tenha sido um sinal de verdadeiro arrependimento pelos seus crimes e de verdadeira comunhão com Deus que o criou e morreu por ele na Cruz.
Visto em: http://senzapagare.blogspot.com.br

About The Author

Criado em 2017, o site Filhos de Deus busca manter o católico informado sobre a maior instituição de caridade do mundo. Colunista e editor do site desde a sua criação.