Terra do Papa: Senado argentino diz NÃO ao aborto!

A Lei de Interrupção Voluntária da Gravidez recebeu 31 votos a favor e 38 contra
O Senado da Argentina rejeitou nesta quinta-feira sancionar um projeto de lei que pretendia descriminalizar o aborto até a conclusão da semana 14 da gestação.
Enquanto o texto da Lei da Interrupção Voluntária da Gravidez já havia sido aprovado em 14 de junho pela Câmara dos Representantes não conseguiu passar agora a última e última etapa parlamentar no Senado, tendo recebido 31 votos a favor, 38 contra e duas abstenções, num total de 72 lugares.

About The Author

Criado em 2017, o site Filhos de Deus busca manter o católico informado sobre a maior instituição de caridade do mundo. Colunista e editor do site desde a sua criação.