Cardeal do Rio sobre eleições: adversários políticos sim, mas nunca inimigos

O cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, concedeu uma entrevista ao Vatican News na semana passada, quando se aproximava o primeiro turno das eleições gerais deste 7 de outubro no Brasil. Ele enviou uma mensagem de paz nas eleições e de alerta para não nos transformarmos em inimigos uns dos outros, mesmo sendo adversários políticos.

O primeiro turno já passou, mas a mensagem do cardeal Orani permanece válida para o segundo:

“Nós somos um povo que tem uma índole de conviver como irmãos e irmãs uns dos outros, que podemos discordar dos partidos, na questão política, em como governar um país e ser adversário político, mas nunca inimigos uns dos outros. Nunca inimigos de ficarem com ódio uns dos outros, de perder amizades, de fazer o mal um para com outro. Isso é muito ruim.

Esse aspecto desses ódios de nós contra eles entrou muito em nosso país e isso tem sido devastador. Isso não pode continuar.

Esperamos que nesses dias as pessoas rezem e estudem sobre seus candidatos, façam as escolhas com tranquilidade e respeitem a escolha dos outros; e nós respeitemos aqueles que forem escolhidos no primeiro e no segundo turno para presidente da República, governador dos estados, deputados e senadores.

Que cada um possa ver sua responsabilidade de depositar seu voto naqueles que podem ajudar o país a caminhar melhor e que o faça sem ódios no coração, mas, ao mesmo tempo, pensando no bem do país e na necessidade de vivermos cada vez mais tempos melhores”.

_______________

A partir de Vatican News

About The Author

Criado em 2017, o site Filhos de Deus busca manter o católico informado sobre a maior instituição de caridade do mundo. Colunista e editor do site desde a sua criação.