fbpx

O Estado do Vaticano lançou uma equipe de atletismo com o objetivo de competir a médio ou longo prazo em eventos internacionais como os Jogos Olímpicos. O anúncio foi feito na última quinta-feira, em parceria com o Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni).

A primeira equipe vai contar com 60 atletas e será formada por guardas, padres, freiras, farmacêuticos e um professor de 62 anos que trabalha na biblioteca local. A associação também conta com dois jovens refugiados como membros honorários. O Vaticano acredita que a formação deste time representa o apoio ao esporte como instrumento de diálogo, paz e solidariedade.

— O sonho que temos é ver a bandeira da Santa Sé entre as delegações na abertura dos Jogos Olímpicos — afirmou o Dom José Sánchez de Toca y Alameda, presidente da equipe.

Para iniciar a trajetória no mundo dos esportes, o Vaticano precisa ser aceito pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf) e os dirigentes já entraram com este processo após acordo com o Coni.

Após a finalização deste trâmite burocrático, o Vaticano quer começar a competir em torneios menores como os Jogos dos Pequenos Estados da Europa — destinado para estados com menos de 1 milhão de habitantes — e os Jogos do Mediterrâneo.

A estreia do time do Vaticano está marcada para o dia 20 de janeiro, na La Corsa di Miguel, uma corrida de 10 km em Roma.

Uma das corredoras da equipe, a farmacêutica Michela Ciprietti explicou que a equipe não tem apenas o propósito de competir, como também “fomentar a cultura e o atletismo e enviar uma mensagem de solidariedade e luta contra o racismo, além de qualquer tipo de violência”.

O papa Francisco defendeu em diversas ocasiões os valores do esporte como antídoto ao individualismo e como ajuda a fomentar uma cultura do encontro.

Localizado no centro de Roma, capital da Itália, e criado em 1929, o Estado da Cidade do Vaticano é o menor país soberano do mundo. O papa, além de ser a autoridade máxima da Igreja, também é o chefe absoluto dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Vaticano

%d blogueiros gostam disto: