Quem foi que disse que homem não reza o Santo Terço? Pelo menos 78 mil pessoas provaram que isso não é verdade. São solteiros, casados, pais de família, jovens, adultos, religiosos e leigos, que lotaram o Santuário Nacional de Aparecida para participar da 11.ª Romaria dos Terço dos Homens.

Nem mesmo a chuva e o friozinho desanimaram os peregrinos. Eles viajaram quilômetros e quilômetros Brasil afora para participar dos dois dias de evento.

A programação teve início na sexta-feira (15 de fevereiro de 2019) com a Santa Missa das 18h, presidida por Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora (MG) e Referencial para o Terço dos Homens.

Na celebração, os participantes entoaram o hino do movimento, mostrando a força dos homens que rezam e rogam pela intercessão da Mãe Aparecida, por suas famílias e pela caminhada pessoal na fé.

Dom Gil, em sua homilia, ressaltou que o Terço dos Homens é uma bênção para a Igreja e para a família, destacou a iniciativa do movimento a partir dos leigos e pontuou o importante apoio de todo o clero como entusiastas.

A celebração foi encerrada com a adoração e benção dos homens com o Santíssimo Sacramento.

Na sequência, os homens do terço foram convidados a seguir em procissão pelo Caminho do Rosário até o Porto Itaguaçu, local do encontro da Imagem de Aparecida.

Como preparação do coração dos participantes da Romaria para a intensa programação do sábado (16), o Santuário organizou uma noite de vigília na Capela do Santíssimo.

Missa solene

No sábado, 78 mil homens participaram da Santa Missa às 07h30. A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, na Tribuna Papa Bento XVI. O arcebispo agradeceu a presença dos grupos de terço dos homens nos mais diversos lugares, como periferias, hospitais e cadeias:

“Lá estão vocês sempre com a força do terço, curando feridas. Vamos ser o Evangelho!”, disse o arcebispo.

A programação ainda contou com pregações sobre a missão do movimento, além da reza do Terço e da consagração a Nossa Senhora para todos os peregrinos.

Nas redes sociais

A Romaria do Terço dos Homens é a maior já registrada pelo Santuário de Aparecida e em 2019 superou a expectativa de participantes (50 mil pessoas eram esperadas).

O orgulho de participar de um dia inteiro de bênçãos repercutiu nas redes sociais. Os participantes fizeram questão de postar fotos em agradecimento à Mãe Aparecida.

O Irmão Rodrigo Dias, da Comunidade Deus Proverá, juntou-se ao um grupo do Terço dos Homens da cidade de São José do Rio Pardo, São Paulo (a 400 quilômetros de Aparecida), para participar do encontro. No Facebook, ele publicou: “Um dia de infinitas bênçãos! Rezei por vocês! Obrigado, Nossa Senhora!”

Um movimento que já chega a 1,5 milhão de participantes

Após essas 11 edições de romaria masculina, o hábito de rezar o terço se firma não mais como algo comum entre as mulheres, mas uma grande força para toda a família e para as diversas comunidades espalhadas por todo o país. De acordo com Dom Gil Antônio Moreira, o número de homens em atividade na reza do Terço nas paróquias pode chegar a 1 milhão e meio em todo o Brasil.

Mas por que o movimento faz tanto sucesso assim? A grande verdade é que essa oração tem transformado a vida de muitos homens, tirado muitos dos vícios, da pornografia, do adultério e das seitas secretas, devolvendo-os à companhia da família e à frequência dos sacramentos da Igreja.

Saiba como montar um grupo do Terço dos Homens em sua paróquia, clicando aqui.